03 setembro 2014

Porque não se contratou um defesa no deadline day?

No último dia de transferências, todas as notícias de movimentações no Arsenal foram relacionadas com Danny Welbeck e em momento algum se falou no interesse num defesa por parte dos Gunners.

Calum Chambers e Nacho Monreal são os únicos jogadores de reserva para a defesa – tendo em conta uma defesa formada por Debuchy, Koscielny, Mertesacker e Gibbs – e numa posição já tão fragilizada, Arsène Wenger permitiu ainda a saída de Ignasi Miquel para o Norwich. Por isso não se compreende o porquê do técnico não ter contratado mais um jogador para esse sector. Aliás, Wenger nesse dia até estava em Roma a participar num jogo de solidariedade, algo que muitos adeptos não viram com agrado.

Nomes como William Carvalho, Sami Khedira ou Sokratis Papastathopoulos foram ligados ao Arsenal neste mercado de transferências, mas os Gunners não foram capazes de assinar com qualquer um destes jogadores. Saíram Bacary Sagna, Thomas Vermaelen, Carl Jenkinson e Ignasi Miquel, e para tanta saída apenas entraram Mathieu Debuchy e Calum Chambers.

Se por um azar acontecer uma razia de lesões no sector mais recuado – nada impossível no Arsenal – muitas questões serão levantadas a Arsène Wenger principalmente o porquê de uma defesa tão curta. E olhado para os reforços, Mathieu Debuchy é um jogador experiente e com rodagem internacional mas Calum Chambers, apesar da sua grande qualidade e potencial, é apenas um jovem que terá a pressão de ter que estar disponível para jogar em duas posições ao mais alto nível por um clube como o Arsenal.

A pressão para o jovem inglês estar em forma também será imensa. Se por algum motivo se ausentar devido a lesão, apenas sobra o defesa-esquerdo Nacho Monreal, que pode dar uma perninha na zona central da defesa.

E o leitor acha que Arsène Wenger se vai arrepender de não ter contratado um defesa na deadline day?


@ricardogooner
Contribua com o seu artigo de opinião para o Arsenal Portugal. Para mais informações entre em contacto connosco.
Partilhar:

3 comentários:

  1. Acho que o Wenger pecou com a saída do Miquel e do Jenkinson. Não são jogadores para o 11 titular, mas dava para rodar no sector defensivo. Até porque o Jenkinson faz central tambem, como o Chambers.
    E tenho medo que, conhecendo como conheço o Arsenal, apareçam, tudo ao mesmo tempo, aquelas lesões à Arsenal no sector defensivo

    ResponderEliminar
  2. Acho que era quase obrigatório contratar um defesa. Até mesmo que não haja lesões era necessário haver mais jogadores, são 50 jogos que se fazem durante a época!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo...basta o Debuchy se lesionar que é logo um quebra cabeças. Chambers tem que assumir e é rezar para que os dois centrais não tenham nada, já para nem falar que não vão haver centrais no banco. Será que é aposta no Hayden?? Não sei...

      Eliminar

Cada comentário é da exclusiva responsabilidade do seu autor.
Comentários que fujam a assuntos relacionados com o Arsenal serão imediatamente removidos.