07 outubro 2014

Fàbregas tem tantas assistências, como toda a equipa do Arsenal


Enquanto muitos adeptos apoiam a decisão de Arsène Wenger em não ter trazido de volta Cesc Fàbregas para o Emirates, no último mercado de verão, o médio espanhol tem feito exibições de grande nível ao serviço dos rivais do Chelsea e provando que a decisão tomada pelo técnico francês foi um erro.

Com Mesut Özil, Aaron Ramsey, Jack Wilshere e Alex Oxlade-Chamberlain a competirem pelos lugares do meio-campo, Wenger não quis parar o progresso destes jogadores com a possível chegada de Fàbregas, mas a sua decisão pode sair bastante cara à equipa nesta época.

Enquanto nenhuma das estrelas dos Gunners fez mais do que uma assistência nos primeiros sete jogos da Premier League, o espanhol já deu exactamente os mesmos sete golos aos seus companheiros, que é o mesmo número de assistências de toda a equipa do Arsenal, incluindo a defesa e o ataque da equipa do Emirates.

O mais impressionante desta estatística é o facto de o espanhol jogar no meio-campo do Chelsea ao lado de Nemanja Matic com três médios ofensivos à sua frente, embora tenha a liberdade de fazer passes longos sempre que tenha oportunidade.

E foi exactamente um passe longo que permitiu a Diego Costa terminar com o jogo no passado domingo em Stamford Bridge contra os Gunners, e este duo será fundamental na corrida do Chelsea pelo título.

A realidade é que o internacional espanhol tem sido bastante subestimado desde que saiu do Emirates para Camp Nou, e até mesmo os adeptos do Barcelona o criticavam várias vezes apesar de Fàbregas marcar e dar a marcar mais golos do que as estrelas da equipa Xavi e Iniesta.

Fàbregas parece ter tido, finalmente, o reconhecimento merecido desde que chegou a Stamford Bridge, mas tudo poderia ser diferente se Arsène Wenger tivesse usado a cláusula de recompra e talvez a esta hora fossem os Gunners que estivessem a lutar pelo título, e os Blues a ter que recuperar nove pontos.

Mesmo que Wenger pensasse que tinha o meio-campo suficiente para abordar a época, deveria ter analisado melhor a equipa e exercido a opção de compra do espanhol. Agora, para além de o vermos num clube rival, está também a levar esse clube em direcção à glória, enquanto temos um Arsenal afundado num oitavo lugar e com apenas duas vitórias em sete jornadas.


@ricardogooner
Partilhar:

0 comentários:

Enviar um comentário

Cada comentário é da exclusiva responsabilidade do seu autor.
Comentários que fujam a assuntos relacionados com o Arsenal serão imediatamente removidos.