05 outubro 2014

Proibido perder pontos em Stamford Bridge


Se há coisa que me chateia é perder contra o Chelsea e contra José Mourinho. O Arsenal nunca conseguiu vencer o Chelsea com o treinador português no comando técnico dos Blues, mas mais logo quando ambas as equipas se defrontarem, a história terá que ser, obrigatoriamente, diferente.

Os Gunners já perderam, nesta época, pontos contra Everton, Mancester City, entre outros, e já estão a seis pontos do topo da liga, com apenas seis jornadas decorridas. O Arsenal tem já necessidade de correr atrás dos seus adversários devido ao atraso pontual, e hoje tem de fazer um bom resultado contra um Chelsea que tem limpo tudo e todos esta época e que pior, nos impôs uma embaraçosa derrota por 6-0 em 2013/14, naquele mesmo estádio.

O Chelsea é favorito, mas isso não quer dizer que o Arsenal não possa vencer o encontro de hoje contra os Blues – bem como não quer dizer que não possa vencer qualquer outra equipa fora do Emirates. Os resultados contra as outras equipas candidatas ao título não tem sido nada famosos, mas Arsène Wenger, neste momento, está proibido de perder mais pontos.

Os Gunners não vão conseguir recuperar os pontos em atraso, que têm actualmente, se não vencerem os clubes candidatos ao título. Na época passada, nos sete ou oito jogos que fizemos contra os outros candidatos ao título, perdemos sempre pontos. Terminámos a sete pontos do primeiro lugar, o que significa que bastava ter ganho três jogos no Emirates, a rivais-directos, que teríamos sido campeões.

Por isso, meus caros, hoje só a vitória interessa.


@ricardogooner
Partilhar:

1 comentário:

Cada comentário é da exclusiva responsabilidade do seu autor.
Comentários que fujam a assuntos relacionados com o Arsenal serão imediatamente removidos.